quarta-feira, 24 de outubro de 2012

BTT Vida Selvagem

Esta é uma cronica domingueira deveras diferente do habitual.
No passado dia 7 de Outubro, Ponte da Barca foi palco de mais uma volta domingueira. Aproveitando a ocasião, os TAPAFUROS realizaram este pequeno documentário que mais não é do que uma pequena brincadeira com a temática das curtas metragens documentais, e ao mesmo tempo homenagear os muitos e bons documentários que se produzem por aí.
A nossa especial admiração pelo magnifico BBC Vida Selvagem que serviu de inspiração.

Bom filme :)



Saudações Tapafurísticas

Mais fotos AQUI

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

As fotos da última domingueira

Domingo passado o périplo teve lugar para os lados de S. Lourenço da Montaria, em Viana do Castelo, volta planeada pelo TapafurQs Zé-Di.

Apesar das condições atmosféricas adversas e de alguns percalços, nomeadamente mecânicos, a volta foi excelente, saldando-se numa manhã magnífica de BTT e convívio.

Sem prejuízo da crónica, fica para já a reportagem fotográfica:


Saudações BTTísticas.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Cum Caçana!!! O Toni é dos nossos!

Cum carago, até que enfim! … lá longe, muito longe, aconteceu mais um fim de semana, como acontece todas as semanas e, como não poderia deixar de ser, mais uma volta domingueira. Desta feita por terras de Viana do Castelo. O ilustre tapafurQs Zé-Di organizou uma volta pequenina, à medida do grupo que se apresentou de lycras vestidas para desenferrujar os cromados.
Uma logística destas implica papel para estar informado e papel para o "doping"
E, claro está, muita perícia na arte de bem receber




É conveniente salientar que os imprevistos acontecem, apesar do árduo trabalho de logística do Zé-Di, alguns dos intervenientes previstos falharam com a sua parte. Uns porque era demasiado cedo outros porque era domingo, acabamos por encontrar algumas portas fechadas para a imprescindível sessão de “dopagem”.
Mas lá nos alinhamos e partimos.
"Penso que está perfeito ..."

Motores cafeínados e partida ...

Esta volta, apesar de contar só com meia dúzia de bttistas, as férias e outros compromissos justificaram as muitas ausências, esta volta, dizia eu, estava envolvida por uma atmosfera especial. Depois de ultrapassados todos os testes de aptidão, o Tony fez a sua primeira volta como membro oficial deste grandessíssimo clube. É caso para dizer, cum caraças, até que enfim!
Mesmo depois do longo estágio, vejam ele ainda meio (ou inteiro) perdido
Seja cum diabo, cum caraças, cum caneco, ou outra que tal, este clube não aceita qualquer um, principalmente se não tiver gingar e vontade de gingar por trilhos nunca dantes gingados.
A voltinha, apesar de pequenina, cerca de 32km, tinha que ser especial e foi-o. A partida passou de Serreleis, partida habitual para as voltinhas da capital de distrito, para 4 km mais à frente, isto na direção de Ponte de Lima. Segundo o organizador permitiria poupar 10 minutos na duração da volta. Com esta alteração no local da partida, extingui-se os tradicionais km de aquecimento de ecovia e, vai daí, toca a subir.
Falaram em subir ... pois não, o Valente veio prevenido
Como nem todos vieram prevenidos como o prevenido Valente e a ordem do dia era subir, lá tivemos nós, a meia dúzia que subir e ouvir certos desabafos: “cum caraças, isto não para de subir”; “cum car...., tanta subida”; etc.
Cum catanas, subir, sobe mas a paisagem é linda

O Tony, que até costuma ser um exímio no domínio da ginga, provavelmente entusiasmado com a sua nova condição, resolveu presentear os presentes (presentemente :-)) com uma manobra radical bastante ousada. Tentou utilizar só a roda dianteira para circular em cima da ginga, cum carago! conseguiu fazer muito melhor, conseguiu, ainda que por breves instantes, circular sem ginga. Cum diabo! Como foi possível!
"A ginga?"

Foi fácil encontrar a ginga do Tony, os instantes foram mesmo breves e a sua montada ficou logo atrás deitada sobre os arbustos. Cum caneco!
Cum caneco? Pois não há volta domingueira (talvez possamos encontrar uma ou outra exceção) que prescinda desse utensílio. Mas hoje, dia especial, logo terá que ser caneco especial. E foi mesmo.
Cá está, o Tony, um verdadeiro e completo tapafuros!
Cum Caçana, que coisa boa!
Não ... um tapafurQs não cai assim tão facilmente ... é muito treino
Antes do Caçana
Depois do Caçana
Durante o Caçana

Depois de conhecerem o percurso deste domingo pergunto-vos se as próximas imagens foram antes ou depois do Caçana?


Pode parecer mentira mas foram tiradas antes da ingestão daquela enorme bebida estranha e mais vale uma coisa enorme daquelas do que um enorme aumento de impostos.
Depois de quase uma hora a babar-nos com o néctar do Caçana, chegamos a boa hora ao lugar de partida. O Valente ainda repleto de energia teimou em continuar a subir, pegou na sua escada e toca a subir, cum carago!
Um brinde ao novo tapafurQs






Saudações Tapafurísticas

Toni - O Tapafuros